A Santa Casa de Misericórdia de Passos e Spectator Healthcare Technology uniram forças para melhorar o acesso da comunidade regional ao atendimento hospitalar. Com a necessidade de isolamento imposta pela pandemia, a telemedicina é uma das alternativas para que a comunidade prossiga com as consultas médicas. Os procedimentos para implementação já estão em andamento e a previsão é que até o final do mês de abril a tecnologia seja executada na instituição.

Neste primeiro momento o Hospital Regional do Câncer de Passos, unidade oncológica da Santa Casa, irá inaugurar o serviço de tecnologia para telessaúde, em que o foco principal do projeto será a prestação de serviços remotos de Atenção Básica.

            “Nosso planejamento é posteriormente avançar com a implantação da teleconsulta nas demais unidades, como a Materno Infantil, Centro de Reabilitação, Unidade Cardiovascular, Unidade Oftalmológica e Urgência e Emergência”, descreve Marcelo Soares Oliveira, responsável pelo Departamento de Operações da Santa Casa.

            Com a integração do conteúdo médico baseado em evidências disponibilizado pela Elsevier, empresa global de informações analíticas, Marcelo calcula que sejam realizadas 1650 consultas por mês remotamente.

            Segundo o diretor técnico da Santa Casa, doutor José Ronaldo Alves (CRM 38099), que já possui experiência no ramo da teleconsulta, o projeto permite inúmeros ganhos, como a possibilidade de oferecer continuidade do cuidado quando necessário, aumentar a eficiência dos serviços de saúde e proporcionar atenção multiprofissional ao paciente.

            “Em tempos de pandemia, também é uma maneira para promover a educação em saúde e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. Lembrando que a implantação será realizada com respeito e privacidade dos dados no mundo digital”, afirma doutor José Ronaldo.

Deixe uma resposta